Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos

O CAVALO E O PARAFRENEIRO
 
Havia um palafreneiro (cavalariço) que roubava e levava a vender a cevada de seu cavalo; porém, em troca, passava o dia inteiro limpando-o e escovando-o para que brilhasse. Um dia o cavalo lhe disse:

-Se realmente queres que eu fique formoso, não roubes a cevada que é para meu alimento.

Moral da história: Tem cuidado com quem muito te adula, pois quer algo em troca.


(Texto extraído das célebres fábulas de Esopo)
Esopo
Enviado por Germano Correia da Silva em 06/04/2016
Alterado em 06/04/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras