Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos

NEM TUDO ESTÁ PERDIDO...

 
Os acontecimentos políticos sociais mais recentes, envolvendo a vontade do povo e os reflexos das ações nefastas praticadas pelos atuais integrantes da política partidária nacional, no entender de Jô Formigão, provaram mais uma vez que a regra do jogo só pende para o lado de quem detem o poder nas mãos.

Segundo ele, ir para as ruas pedir mudanças para melhorar as ações governamentais faz parte do dever cívico do cidadão consciente, mas em nada alterará o roteiro dos integrantes da política partidária que tem o desejo incessante de sempre procurar solucionar os próprios problemas em detrimento daqueles que causaram para o seu povo.

O neopolítico Jô Formigão, desiludido com o futuro do mundo da política partidária atual, em razão das promessas que lhes foram feitas pelos políticos mal intencionados nas últimas eleições, ele faz uso das palavras que o antropólogo brasileiro Darcy Ribeiro, escreveu certa vez, e afirma que uma parcela do povo brasileiro sensato, assim como ele,  certamente dirá para os seus descendentes, daqui a alguns anos,  tão próxima  e flagrante estará sua desilusão, o que foi dito por aquele ilustre brasileiro:

"Fracassei em tudo o que tentei na vida.
Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.
Tentei salvar os índios, não consegui.
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.
Mas os fracassos são minhas vitórias.
Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu."

- Avante, meu povo! - complementou Jô Formigão.
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 15/07/2017
Alterado em 15/07/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras