Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos

UM NOVO SACI

Eu sou um menino traquinas
Que está sempre a saltitar
Dou gargalhadas nas matas
Querendo a todos assustar

A minha carapuça vermelha
Tem poderes mágicos, enfim
E no dia que "me dá na telha"
Eu me viro na ave “Sem-fim”

Ela tem um canto melancólico
Que ecoa pra todos os lados
E tem um jeito estrambótico
P'ra lá de desengonçado

Mas tem duas coisas que eu
Gostaria muito poder fazer:
Era jogar meu cachimbo fora
E a outra era parar de correr

Fumar não faz bem à saúde
Se eu correr, eu poderei cair
E que Deus do Céu me ajude
Dando outra perna pro Saci

Com as duas pernas, agora
Eu prometo que vou caminhar
Por esse meu mundo afora
E sem ter do que reclamar

Eu não vou soltar baforadas
Deste cachimbo malcheiroso
Vou poder fazer cavalgadas
E ser um menino amoroso

Não vou mais desaparecer
E nem assustar os humanos
O bem eu sempre irei fazer
E ser aprovado todos os anos

Eu serei um saci diferente
Nem o Trique, nem o Pererê
Quem sabe, um Saçurá decente
Pra eu poder ajudar a você...


Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 19/01/2008
Alterado em 16/03/2008


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras