Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos

O MODO COMO ZELÃO SORRI
 
O jovem Zelão, popularmente conhecido como o filho mais querido da Dona Sinhá, de uma hora para a outra, deixou de ser aquele sujeito calmo, introvertido e sisudo aos extremos, para se transformar numa pessoa alegre, assaz extrovertida, detentora de um sorriso largo, capaz de causar inveja a certo apresentador de programa de televisão nacional em evidência.

A jovem que ele está namorando está perplexa com a mudança de comportamento dele e disse que algumas garotas do relacionamento dela estão morrendo de inveja. E não é para menos:

Zelão fez uma aposta na casa lotérica local e há sérios indícios de que ele seja o ganhador de um prêmio vultoso.

As más línguas andam comentando que todas as vezes que alguém é premiado naquela casa de jogos, a primeira mudança que é notada é a do sorriso do ganhador.

Dona Sinhá está muito esperançosa que os comentários feitos pelos fofoqueiros de plantão tenham algum fundo de verdade. Ela jura que se esses boatos se confirmarem na sua plenitude desta vez o seu “garoto” irá tirar o pé da lama.

É provável que essas pessoas que vivem de bisbilhotar a vida alheia estejam certas. Zelão já anda falando para os amigos mais íntimos que brevemente irá pedir a mão da namorada em casamento. Mas pela alta soma de dinheiro que ele irá receber, quando esse dia chegar ele terá disposição suficiente para pedir a “moça inteira” e já andam dizendo que o pai dela está preparado há já bastante tempo para essa feliz “entrega”.

O modo como Zelão sorri ultimamente não dá para se pensar noutra coisa. Outrossim, andam comentando que a mãe dele, a popular Dona Sinhá, já poderá ser tratada como a mais nova vovó de sua comunidade.

A cerimônia de enlace matrimonial envolvendo Zelão e sua namorada poderá acontecer a qualquer momento. Acaso ela não ocorrer por esses meses, o primeiro neto da Dona Sinhá chegará antes e até poderá servir de testemunha ocular desse casamento.
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 07/12/2010
Alterado em 30/05/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras