Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos


METAS... VOCÊ JÁ CUMPRIU AS SUAS?

 
De vez em quando, quase sempre, quando disponho de um tempo ocioso, dou um passeio lá para as bandas de um sítio literário chamado pensador.com/frases para, ali, ler algumas frases prontas de autores conhecidos e desconhecidos, evidentemente.

São frases de temas diversos que nos inspiram e que, às vezes, também servem de mote para o desenvolvimento e produção de alguns textos, justamente naqueles momentos em que a inspiração está meio preguiçosa.

Certa vez e não faz muito tempo, sai à procura de um adágio popular que recomenda que todo homem deverá plantar uma árvore, constituir uma família e ter filho(s) e escrever um livro... Achei muito expressivo esse ditado popular, mas nos dias de hoje está ficando cada vez mais complicado para se fazer tudo isso, antes de sair dessa para uma melhor.  

Pessoas, às vezes, ficam se culpando por não ter conseguido seguir à risca essa sequência de realizações pessoais. Prefiro fazer o papel de incrédulo no que diz respeito à necessidade de ter que fazer as três coisas, a ter de ficar me lamentando por não ter conseguido fazer todas elas, sem ter recursos para tal.
 
Um cidadão que postou sua colaboração lá no site pensador.com/frases cujo nome é RONEMBERG HENRIQUE DA SILVA SOUZA, escreveu uma frase sobre esse tema que a reputo muito interessante e ela caiu como uma luva para o objetivo principal deste meu escrito, senão vejamos:
 
“Dizem que um homem só está completo quando tem um filho, escreve um livro e planta uma árvore. É impressionante como o nível da educação pública não progride e as florestas estão definhando, porém a população continua aumentando.”
 
Assim, o que se deduz da mensagem explícita no seu texto é que as pessoas não têm plantado árvores e nem escrito livros, mas em compensação o que tem feito de filhos, é uma barbaridade!
 
Quanto a mim, na parte que me toca essa citação, confesso que já cumpri dois terços dela:  já escrevi um livro, tenho filhos, mas infelizmente ainda não plantei árvores; plantei apenas uma pequena árvore frutífera em um caqueiro no meu quintal.
 
Outrossim, já preparei o material para editar meu segundo livro, mas faltou o combustível principal para impulsionar os próximos passos de um escritor amador que não dispõe de um patrocinador: dinheiro na conta corrente ou na poupança.
 
Para finalizar com chave de ouro o meu escrito, tomei a liberdade de reproduzir outro belo texto postado neste site literário pensador.com/frases por uma pessoa de nome FÁBIO NERY. Seu escrito leva o nome de SABEDORIA POPULAR, o qual veremos a seguir:
 
“Plantar uma árvore. Ter um filho. Escrever um livro. Essas três atitudes fazem de você uma pessoa que olha para o futuro, vivencia o presente e deixará uma mensagem para posteridade.

Isso gerará sentimentos que acolherão esperança e afugentarão o medo, acolherão bem-estar e afugentarão o mal estar, acolherão a calma e afugentarão a ansiedade.”
 
 
P.S.: Se não der para cumprir, na sua íntegra, as três metas desse adágio popular, não se aflija; contente-se em criar e educar seus filhos condignamente e ao invés de escrever um livro, tente ler pelo menos um bom livro por ano.  
 
Quanto à árvore a ser plantada, quando tiver espaço no quintal de sua casa, tente fazê-lo; se for na área verde do seu condomínio, se o síndico e/ou o zelador permitir(em) é claro, peça ajuda aos demais condôminos e o faça acompanhado deles. Nunca o faça sozinho; esses participantes poderão servir como testemunhas no futuro.
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 19/04/2020
Alterado em 27/04/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras