Meu Recanto de Versos e Prosas...

Um Lugar Calmo e Aprazível Onde Você se Diverte, Reencontra e/ou Revive Suas Mais Infinitas Emoções!

Textos


UM CUIDADOR DESCUIDADO

 
Juquinha brincava na frente de sua casa, em meio à circulação de vários gatos que estavam sob seus cuidados, de olho, evidentemente, no seu cãozinho que dormia no seu cantinho de sempre, mas dava a entender que estava meio desligado do tempo.

Dentre os seus felinos de estimação, alguns se destacavam bem mais que os demais porque estavam miando alto, o que chamou a atenção do seu tio que acabara de chegar e este foi logo se fazendo presente:

- Tudo bem com você, Juquinha? E antes que o Juquinha respondesse, seu tio emendou com outra pergunta:

- Por que estes gatos estão miando assim?

Juquinha, sem desviar a atenção para com seus gatos, após respirar fundo, respondeu:

- Eu estou muito bem, tio. 

Depois de dar sua primeira resposta, olhou bem nos olhos do seu tio, fez menção de riso e prosseguiu:

 - Aqui em casa sempre foi assim, tio: todos os meus gatos miam e só o meu cachorro Totó late. O Totó até consegue encher minha paciência, latindo além da conta, mas, às vezes, isso só acontece quando ele passa da hora de comer... –  e saiu de fininho para ir pegar ração para alimentar todos os gatos.

 
Germano Correia da Silva
Enviado por Germano Correia da Silva em 29/04/2020
Alterado em 03/05/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras